terça-feira, 7 de maio de 2019

MEC JUSTIFICA CORTE E LEMBRA QUE FOLHA DE PESSOAL REPRESENTA 80% DA VERBA DE UNIVERSIDADES



O ministro da Educação, Abraham Weintraub, em visita ao Senado Federal, nesta terça-feira (7), insistiu que não haverá corte, mas contingenciamento de 30% das verbas destinadas às despesas discricionárias das universidades federais do país, ou seja, investimentos considerados não obrigatórios.
Ele ainda garantiu que, se a economia do país melhorar, citando a reforma da Previdência, esses valores, um total de R$ 2,2 bilhões, serão liberados. Os bloqueios do MEC, que tem um orçamento de R$ 150 bilhões, da educação básica até o ensino superior, representam R$ 7,3 bilhões.
Assista a audiência na íntegra acima.

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp

Curta nossa página no Facebook 👍🏻

0 comentários:

CURTA!