sábado, 13 de abril de 2019

DAL APRESENTA PROJETO PARA INSTITUIR SEMANA ESTADUAL DE DOAÇÃO DE MEDULA ÓSSEA

DAL LUTA PARA INSTITUIR SEMANA ESTADUAL DE DOAÇÃO DE MEDULA ÓSSEA

O deputado Dal (PP) protocolou junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) um projeto de lei que institui a Semana Estadual de Doação de Medula Óssea. O PL reserva a última semana do mês de setembro para orientação e conscientização sobre a importância da doação de medula óssea. De acordo com o parlamentar, a doação é um ato de solidariedade e de amor ao próximo que pode salvar uma vida, além de ajudar no tratamento de quase 80 doenças.

“O objetivo deste projeto é justamente incentivar os cidadãos e cidadãs tornarem-se doadores, através de ações que serão desenvolvidas no Estado da Bahia por órgãos da Secretaria da Saúde e Fundação Hemoba”, explicou o progressista.

O transplante de medula óssea é indicado para paciente que tem leucemia, anemias graves, linfomas, imunodeficiências e outras doenças relacionadas aos sistemas sanguíneo e imunológico. 

Segundo o legislador, a dificuldade em se conseguir um doador compatível justifica a importância de se cadastrar um número cada vez maior de doadores. O cadastramento das pessoas que pretendem ser doadoras é feito na Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), local onde será efetuado um exame de sangue que vai indicar a histocompatibilidade do doador.

A medula óssea é um tecido esponjoso e gelatinoso que se encontra no interior dos ossos, chamado popularmente de tutano. Esse tecido é importante porque ele é capaz de produzir os principais componentes sanguíneos: hemáceas, que são os glóbulos vermelhos, leucócitos, os glóbulos brancos e plaquetas. Por essa razão, a medula óssea é considerada a fábrica do sangue. 

0 comentários:

CURTA!