segunda-feira, 15 de abril de 2019

AMARGOSA: HOMEM MORTO EM CONFRONTO COM A POLÍCIA ERA ACUSADO DE LATROCÍNIO E HOMICÍDIO

Na última sexta, dia 12/04/2019, foi morto em confronto com policiais da RONDESP, a pessoa de Carlos Luiz Silva Santos, mais conhecido por “Canário”, o qual, ao perceber a presença dos policiais, que tentavam cumprir a prisão preventiva decretada contra ele, efetuou disparos de arma de fogo, havendo revide a injusta agressão, que ocasionou a morte de “Canário”.

De acordo com as investigações da Polícia Civil de Amargosa, Carlos Luiz Silva Santo é um dos autores do latrocínio, que é o roubo seguido de morte, o qual vitimou Cosme José dos Santos Filho, mais conhecido por “COSMÃO”, fato ocorrido no dia 10/05/2016, por volta das 19h00min. O seu comparsa no latrocínio Jairo Santana dos Santos, encontra-se custodiado no Presídio Regional de Valença desde o ano de 2016. “Canário” já havia sido preso pela Polícia Civil neste mesmo ano, mas foi posteriormente liberado por ordem judicial. Posteriormente, houve nova Representação pela prisão feito pelo Delegado de Polícia de Amargosa e deferido pelo juiz criminal, quando o acusado passou para a condição de foragido.

Ainda de conformidade com as investigações da PC, Carlos Luiz Silva Santos teria sido a pessoa que efetivamente efetuou os disparos que ceifaram a vítima “Cosmão”, após ser reconhecido pelo mesmo. A vítima, pessoa muito querida no Povoado do Alto Seco, zona rural de Amargosa, pediu por Deus para ele não lhe matar, mas “Canário” foi impiedoso e desferiu vários disparos de arma de fogo, subtraindo em seguida a importância de R$ 3.000,00 da vítima. O crime ganhou forte repercussão na época e a Polícia Civil se comprometeu com a família a elucidar esse crime, como de fato foi elucidado, em que se tratar de um delito complexo.

Carlos Luiz Silva Santos também é um dos acusados do homicídio de Gilmar dos Santos, ocorrido no mês de fevereiro do ano de 2016. Integrante da “Quadrilha do Canto”, Carlos era suspeito de inúmeros assaltos na Cidade de Amargosa e região, além de tráfico de drogas ilícitas, com integrantes da quadrilha a qual pertencia.

Fonte: Polícia Civil

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp

Curta nossa página no Facebook 👍🏻

0 comentários:

CURTA!