quinta-feira, 21 de março de 2019

RODRIGO MAIA E MORO ENTRAM EM ROTA DE COLISÃO

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), entrou em rota de colisão com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. O democrata classificou, na noite de ontem, o projeto anticrime como "copia e cola" de propostas já apresentadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. 
Ao chegar à Câmara, Maia mostrou irritação com o ministro ao chamá-lo de "funcionário do presidente Jair Bolsonaro" e dizer que ele "está confundindo as bolas".
"O funcionário do presidente Bolsonaro? Ele conversa com o presidente Bolsonaro e se o presidente Bolsonaro quiser ele conversa comigo. Eu fiz aquilo que eu acho correto [sobre a proposta de Moro]. O projeto é importante, aliás, ele está copiando o projeto direto do ministro Alexandre de Moraes. É um copia e cola. Não tem nenhuma novidade, poucas novidades no projeto dele", disse em resposta a um questionamento sobre se Moro estava se intrometendo na Câmara.
Incomodou Maia o fato de Moro ter dito na manhã desta quarta que seu projeto poderia tramitar ao mesmo tempo que a Previdência na Câmara.

0 comentários:

CURTA!