quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

FALSO PASTOR É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL DE CASTRO ALVES

A Polícia Civil de Castro Alves prendeu na tarde de hoje, 04/12/2018, a pessoa de Rogério Ferreira dos Santos, 42 anos, condenado a 06 anos e 09 meses por estupro de vulnerável na Cidade de Simões Filho/BA.

O falso pastor e pedófilo tentava convencer os Conselheiros Tutelares de Castro Alves a ajudá-lo a conseguir a guarda de três crianças e a curatela de três pessoas portadoras de deficiência mental.

Ao ser pedido o documento de identidade, informou o número de documento de uma irmã. De posse desses dados, a Polícia Civil de Castro Alves fez o cruzamento de informações, descobrindo se tratar de condenado judicialmente por estupro de vulnerável, que é o crime cometido por alguém que mantém relações sexuais com menor de 14 anos de idade ou com deficiência mental, ou seja, desejava o falso pastor “cuidar” de pessoas as quais já tinha sido condenado por cometer crimes contra vítima com essas mesmas vulnerabilidades.

A atitude de Rogério Ferreira dos Santos, que fazia pregações num monte no meio do mato, fez recordar a velha expressão popular, “Lobo em pele de cordeiro”, frase que se originou de um trecho clássico da bíblia sagrada cristã. Trata-se de uma parábola de Jesus Cristo descrita no livro de Mateus 7:15-16. Essa expressão é usada para indivíduos que esconde sua verdadeira índole negativa, aparentando ser educadas, simpáticas e amigas, unicamente para alcançar determinados objetivos egoístas ou criminosos.

A prisão foi efetuada pessoalmente pela Delegada de Polícia de Castro Alves Aline Freitas, acompanhada do Investigador de Polícia Luiz Dias. O preso será encaminhado inicialmente para a Cidade de Simões Filho e posteriormente para o Presídio de segurança máxima, para cumprimento da pena imposta.
FONTE: POLÍCIA CIVIL

0 comentários:

CURTA!