quarta-feira, 28 de novembro de 2018

AMARGOSA: POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO EM ESTABELECIMENTO COMERCIAL


A Polícia Civil de Amargosa cumpriu na tarde de hoje, 27/11/2018, mandado de busca e apreensão no estabelecimento comercial denominado EL QANNA – Produtos Naturais. A empresa, situada na Av. Dr. Luiz Sande, em Amargosa, tem como proprietário a pessoa que se dizia ser israelense e chamava Rabino Shaul Shamyr. 

A Polícia Civil de Amargosa descobriu que em verdade o proprietário não é Rabino, muito menos se chama Shaul Shamyr, mas sim Ricardo Vicente Ferreira, que é pernambucano, com pais e avós também pernambucanos, nem é herói de guerra, como anunciava. 

Ricardo possui três empresas em seu nome, todas elas com débitos junto aos órgãos públicos, sendo que uma delas na cidade de Jaboatão dos Guararapes/PE, teve o seu pedido de baixa indeferido, por estar em situação irregular. Em Amargosa, a empresa El Qanna não possui alvará de funcionamento, nem registro na Junta Comercial. Em sua residência, foi apreendido uma carteira com distintivo e o nome Rabino Shamyr.

Em seu estabelecimento, Ricardo Vicente atua também fazendo consultas como terapeuta holístico, receitando chás e outros produtos e fazendo massagens. Em alguns casos, segundo testemunhas, prometendo a cura do câncer e cobrando por trabalhos que não executa. A Polícia Civil descobriu que o mesmo possuía apenas uma carteira provisória do SINTHALPAR, que é o sindicato dos terapeutas holísticos do Paraná, porém o seu registro no referido sindicato se encontra cancelado e está desligado do quadro de membros associados. Para o sindicato Ricardo apresentou o RNE – Registro Nacional de Estrangeiro de nº 53.445.837-3, de naturalidade de Besheva, em Israel. 

Ricardo Vicente Ferreira é suspeito ainda de passar notas falsas para um ex-funcionário, como pagamento de rescisão trabalhista. As notas foram enviadas para perícia. O acusado irá responder a Inquérito Policial em liberdade.
Fonte: Polícia Civil

0 comentários:

CURTA!