segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Em delação, Antonio Palocci declara que PT abriu contas no exterior


O ex-ministro Antonio Palocci declarou, em delação premiada para a Polícia Federal, que o Partido dos Trabalhadores (PT) teve contas secretas no exterior, abertas pelo próprio partido ou por empresários, sem utilizar o nome do partido e lideranças, mas para uso da sigla.

"O colaborador nunca abriu contas no exterior para o PT, mas sabe que a agremiação já fez isso sem utilizar o nome do partido e lideranças, pelo menos segundo tem conhecimento o Colaborador, que soube que empresários abriam, apenas na confiança, contas em nome próprio e para utilização pelo PT", diz o trecho da delação cujo o sigilo foi quebrado nesta segunda-feira (1°) pelo juiz Sérgio Moro. 
Fonte: Bahia Notícias 

0 comentários:

CURTA!