terça-feira, 18 de setembro de 2018

Com gol de Firmino nos acréscimos, Liverpool sai do sufoco e bate PSG em estreia na Champions


Com um gol de Firmino já nos acréscimos, o Liverpool venceu o PSG na estreia das duas equipes na Uefa Champions League, em Anfield Road.
Com o resultado, os ingleses assumem a ponta isolada do Grupo C do torneio. Já o PSG, graças ao empate em 0 a 0 de Napoli e Estrela Vermelha, fica na lanterna.  
O primeiro tempo foi muito movimentado, com as duas equipes criando boas chances e uma leve predominância do Liverpool, que poupou Firmino no início, com o olho machucado.
Logo aos 5, Van Dijk cabeceou com perigo e Areola, substituindo o suspenso Buffon (expulso contra o Real Madrid, ainda pela Juve, na temporada passada), fez grande defesa.
O PSG respondeu aos 16, com chute forte de Neymar, que Alisson rebateu. No rebote, Cavani bateu fraco e o goleiro defendeu. Começou, então, um bombardeio dos ingleses, com Salah, Mané e Sturridge se revezando em lances perigosos. 
Aos 28, Neymar recebeu bom lançamento de Meunier e iria sair na cara do gol. O impedimento, assinalado pela arbitragem, não existiu. Um minuto depois, o Liverpool inaugurou o marcador. 
Arnold recebeu na direita e cruzou forte. A bola atravessou a área inteira e encontrou Robertson, na esquerda. De primeira, o lateral colocou na cabeça de Sturridge, que só encostou na bola, em meio a Kimpembe e Thiago Silva, para fazer 1 a 0.
O PSG tentou uma rápida resposta, aos 34, com jogada ensaiada. Mbappè apareceu livre para concluir, em cobrança de escanteio curta e para trás, mas a bola subiu. No mesmo minuto, veio o pênalti para o Liverpool. Juan Bernat derrubou Wijnaldum infantilmente, na entrada da área. Milner bateu sério, no canto e ampliou: 2 a 0, aos 35.
O PSG, que não jogava mal, seguiu atacando o time da casa. Aos 39, Di Maria cruzou forte. Cavani, impedido, tentou uma bicicleta no meio da área e errou. Mas a bola encontrou Meunier, que bateu no canto para descontar.  
No segundo tempo, o Liverpool voltou ainda mais em cima do PSG do que na etapa inicial. Com Salah bem marcado, Sturridge era o jogador mais perigoso do ataque vermelho.
Salah chegou a balançar as redes aos 12, após rebote de lance de Sturridge. Na disputa com o Areola, porém, o inglês acabou cometendo falta em Areola, e o gol foi anulado.
Pouco depois, aos 15, Arnold avança livre pela direita e cruza. Sturridge aparece sozinho e cabeceia, mas pega fraco. A bola fica nas mãos de Areola.
Com boas trocas de passe, o time da casa assumiu o papel de ditar o ritmo de jogo. Ao PSG, couberam as chegadas em contra-ataques. Neymar e Cavani sumiram, aguardando uma chance que teimava em não surgir.
Aos 25, Fimino entra em campo no lugar de Sturidge. Aos 26, Salah desperdiça ótima chance. Van Dijk ganha cobrança de escanteio pelo alto e o egípcio, de frente para o gol, pega muito mal de esquerda.
Quando atacava, o PSG procurava sempre por Mbappè, pela direita do ataque francês. Embora tenha brigado muito e prendido bem a bola, poucas vezes, o campeão mundial conseguiu dar andamento às jogadas. 
Aos 36, Mané fez boa jogada pela esquerda e, em frente a Areola, desperdiçou. No contra-ataque, o PSG não perdoou.
Salah errou a saída de bola, ainda no campo defensivo e a bola sobrou para Neymar. No único lance em que pôde partir de frente para cima da defesa inglesa, o brasileiro limpou a jogada e rolou para Mbappè, que bateu na saída de Vorm e empatou o jogo.
O Liverpool não teve escolha e, já com Firmino em campo, se lançou ao ataque, abrindo brechas. Numa delas, Neymar, ainda do campo defensivo, achou Draxler quase na área do Liverpool e fez lançamento de quase 40 metros. A defesa bloqueou o chute.
O Liverpool seguia insistindo. E a estrela de Firmino brilhou. Na sobra de um escanteio cobrado por Milner, Firmino recebe dentro da área, dribla Marquinhos com categoria e chuta cruzado. Na comemoração, o centroavante tapou o olho machucado.

(Fonte: ESPN)

0 comentários:

CURTA!