quarta-feira, 18 de julho de 2018

Ciro chama de ‘filho da puta’ promotor que o investiga por injúria racial


Não contente com chamar Fernando Holiday de “capitãozinho do mato”, ofensa racista, Ciro Gomes chamou de “filho da puta” o promotor que pediu inquérito policial no caso.

“Um promotor aqui de São Paulo resolve me processar por injúria racial. E pronto, um filho da puta desses faz isso. Ele que cuide de gastar o restinho das atribuições dele, porque se eu for presidente essa mamata vai acabar”, disse o pedetista no evento da Abimaq, ontem à noite.

Nesta segunda (16), o MP-SP solicitou à Polícia Civil que abrisse inquérito sobre as ofensas de Ciro ao vereador paulistano.

Na verdade, o procurador que Ciro Gomes xingou de “filho da puta” é uma mulher, diz a Folha de S. Paulo.

O Ministério Público de São Paulo, em nota, defendeu o trabalho da procuradora e preservou seu nome.
Fonte: O Antagonista

0 comentários:

CURTA!