quinta-feira, 21 de junho de 2018

“Iranianos e espanhóis: brilhantes!” por Tosta Neto


Na 2ª rodada da fase de grupos, Irã e Espanha realizaram uma partida tensa e emocionante. No que cada seleção se propôs a fazer, iranianos e espanhóis foram brilhantes. La Roja, uma vez mais, apresentou um toque de bola cirúrgico e envolvente; estilo de jogo vencedor aperfeiçoado por Pep Guardiola e implantado na seleção por Luis Aragonés e Vicente del Bosque. Até então, a seleção dos comandados de Fernando Hierro apresentou o melhor futebol da copa, o que a credencia como principal favorita ao título, porém a defesa se mostrou instável e insegura quando foi pressionada. O Irã, por sua vez, fez uma partida taticamente perfeita, com muita intensidade na marcação e grande preparo físico. O lance do gol da Espanha soou como uma fatalidade: o jogador iraniano cortou a bola, resvalou no aguerrido Diego Costa e entrou. Ademais, a Seleção Iraniana efetuou contra-ataques perigosíssimos; só não empatou o jogo porque faltou inspiração no seu setor de ataque. Por conseguinte, o Irã merece uma menção honrosa pela atuação obstinada contra uma das melhores seleções do mundo.

Tosta Neto, 21/06/2018

0 comentários:

CURTA!