terça-feira, 5 de junho de 2018

Barroso critica ‘libertação a granel’ de corruptos


O ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, segue provocador em suas análises. Considera que os corruptos são uma minoria muito bem protegida no Brasil e lamenta que essas pessoas que desviaram milhões e que mantêm suas contas no exterior sejam “libertadas a granel” de forma que desprestigia os juízes que enfrentam “a cultura de desigualdade que sempre protegeu os mais ricos.” A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

0 comentários:

CURTA!