sábado, 5 de maio de 2018

Cavaleiros da região realizaram manifestação contra a morte de Júnior de Amargosa

Durante o trajeto para a Festa do Vaqueiro de  Milagres, os amantes de cavalgadas foram até o Fórum de Amargosa fazendo um minuto de silêncio em protesto ao irmão cavaleiro.
Nos últimos dias 26 a 29 de abril, centenas de cavaleiros realizaram manifestação passiva cobrando justiça em relação a morte do adestrador de cavalos do município de Amargosa, Júnior Santos, conhecido como Juninho. Durante o trajeto para a Festa do Vaqueiro de  Milagres, os amantes de cavalgadas que passaram montados à cavalo por amargosa em suas comitivas, foram até o Fórum da Comarca de Amargosa onde permaneceram em frente, fazendo um minuto de silêncio em protesto ao irmão cavaleiro.
Segundo Léo Andrade, cavaleiro de Santo Antonio de Jesus. “Tenho certeza que a justiça será feita e os culpados serão penalizados. Quem conheceu Juninho sabe o quanto era um rapaz de coração bom, não merecia ter esse fim tão trágico”. 
Além dos protestos dos cavaleiros durante o trajeto até a cidade de Milagres, vários artistas  que se apresentaram durante a festa, a exemplo Solange Almeida, ex Aviões do Forro, e Tayrone Cigano, pediram justiça para que mais esse crime não fique impune.
Durante a missa celebrada no dia 29.04 (domingo), o Padre Neivaldo foi enfático ao solicitar que a justiça tem que ser feita, casos como o que aconteceu com Juninho não podem cair no descaso, a humanidade precisa ter mais amor pelo próximo.
Juninho, sofreu um atentado durante uma cavalgada na zona rural do município de Amargosa no dia 15.04, e veio a óbito na manhã seguinte (16.05), deixando um filho menor de 7 anos.  Familiares e amigos ainda estão perplexos com a morte dele, por se tratar de uma pessoal que tinha um excelente relacionamento com as pessoas, não só na cidade de Amargosa, mas em toda região.
Juninho, trabalhava com adestramento de cavalos e preparação desses para provas de competição em concurso de marcha.  No último ano fundou o Centro de Treinamentos Júnior Santos, onde estava em plena ascensão profissional.

Fonte: CRIATIVA ONLINE

0 comentários:

CURTA!