quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Funcionários da Petrobras só podem receber políticos na presença de testemunhas


Norma faz parte do novo código de conduta da estatal

O Jornal O GLOBO publicou reportagem sobre os procedimentos adotados pela Petrobras para evitar a corrupção na empresa. Segundo a publicação, a estatal informou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que seus funcionários só podem receber políticos na presença de testemunhas. As regras estão em vigor no código de conduta interna da Petrobras, válido desde o fim de de 2016.

Entre as principais mudanças adotadas após a saída do PT do poder e a entrada do Presidente Michel Temer, os funcionários da estatal não podem mais receber políticos sozinhos em nenhuma instalação da empresa. Pelas regras, "a interação com agentes políticos (governadores, prefeitos e respectivos vices, senadores, deputados federais e estaduais e vereadores) deve ser realizada na presença de, no mínimo, dois representantes da companhia", disse um dos trechos do código.

Além disso, o código diz que os funcionários devem utilizar "meios formais e documentados para manifestação do posicionamento da companhia referente aos temas discutidos junto aos agentes políticos, preservando-se sempre as informações que possam comprometer a sua competitividade". O código foi feito após os escândalos de corrupção revelados pela Operação Lava-Jato, da Polícia Federal.

0 comentários:

CURTA!