quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Sindicato quer bloqueio de contas da prefeitura até que terço de férias seja pago


O Sindicato dos Servidores Públicos de Vitória da Conquista (Sinserv) acionou o Ministério Público do Estado (MP-BA) para cobrar o terço de férias que ainda não foi quitado pela prefeitura. Diante da situação, a categoria adotou um tom de ameaça e agora fala em pedir o bloqueio das contas da gestão de Herzem Gusmão (PMDB) até que os pagamentos sejam postos em dia. Em entrevista a um programa de rádio local nesta terça-feira (30), o advogado Lucas Santos declarou que uma assembleia no próximo dia 1º de fevereiro decidirá se a categoria entra ou não em greve. “Desde o início do mês nós estamos provocando a administração municipal para que seja realizado o pagamento do terço de férias dos servidores públicos municipais que entraram de férias agora no mês de janeiro”, comentou o jurista que acompanha o caso. “Nós representamos ao Ministério Público diante do ato de improbidade administrativa, representamos ao Tribunal de Contas dos Municípios e pediremos o bloqueio das contas do município para garantir o pagamento do servidor”, completou.
*BN

0 comentários:

CURTA!