segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Quais eram os três segredos de Fátima?


1) LIÇÕES DO ALÉM
Em 1916, um ano antes das aparições da santa, as crianças Lúcia (10 anos), Francisco (9 anos) e Jacinta (7 anos) teriam vislumbrado um anjo enquanto pastoreavam ovelhas na zona rural da cidade de Fátima, em Portugal. Segundo o suposto mensageiro divino, suas visitas eram para ensinar a elas orações de perdão e de invocação da Virgem Maria.

2) ENCONTRO MARCADO
Em 13 de maio de 1917, por volta do meio-dia, as crianças rezavam no pasto quando foram surpreendidas por um forte clarão. Prestes a fugirem, viram flutuando sobre uma pequena árvore uma santa “mais brilhante que o Sol”. Ao se aproximarem, Virgem Maria teria lhes dito que deveriam orar pelo mundo e voltar àquele lugar todo dia 13 para receber três profecias sagradas.

3) HOMENS DE POUCA FÉ
Os encontros com data marcada em frente à árvore acabaram levantando suspeitas na vizinhança. O então administrador da região, Artur de Oliveira Santos, prendeu as crianças em uma dessas ocasiões. Interrogadas, elas revelaram as aparições da santa, mas nada sobre seus segredos. A notícia repercutiu pelo país e o caso passou a ser acompanhado a distância, mas sem interferências.

4) O SOL QUE BAILA
Para 13 de outubro, o trio previu um milagre no Sol. Segundo o jornal O Século, 40 mil romeiros foram a Fátima nessa data, e teriam avistado no céu um globo luminoso que girava sobre si mesmo e movia-se em ziguezague do nascente para o poente, por cerca de dez minutos. Luzes coloridas refletiram na paisagem e nas pessoas, que também relataram curas inexplicáveis.

5) DIÁRIOS DA NOVIÇA
Encerradas as aparições, em 1918 os irmãos Francisco e Jacinta contraíram gripe espanhola ao mesmo tempo e morreram logo depois. Eles se tornaram os mais jovens santos não mártires na história da Igreja Católica. Lúcia, que era prima deles, tornou-se freira. Na década de 1940, entregou ao arquivo secreto do Vaticano quatro livros de memórias em que relatou, além das aparições do anjo e da Virgem Maria, suas supostas profecias.

6) VINDE A MIM OS RUSSOS
A Igreja revelou as duas partes do segredo pouco após a sua entrega. Intituladas respectivamente de “A visão do inferno” e “O imaculado coração de Maria”, descreviam a destruição das almas pecadoras e uma súplica à Rússia para que se convertesse à Virgem Maria. Do contrário, os erros dessa nação trariam guerras para o mundo e perseguições aos cristãos.

7) PAPA EM PERIGO
O terceiro segredo, “O atentado ao papa”, foi revelado só em 2000, a pedido de João Paulo 2º. Embora abordasse o extermínio de todo o clero católico, a profecia foi tratada pelo Vaticano apenas como um livramento (salvação por interferência divina) ao atentado que o papa sofreu na Praça de São Pedro, em 13 de maio de 1981, mesmo dia e mês em que teria ocorrido a primeira aparição.

EXPLICANDO A VERDADE
O caso emergiu em um momento bastante delicado para a Igreja, para Portugal e para o mundo.
– No ano das aparições, Portugal atravessava uma das maiores crises de sua história. Cerca de 55 mil homens haviam sido enviados para a 1ª Guerra Mundial e a população sobrevivente, em boa parte pobre e sem educação formal, encontrava conforto na fé católica.
– Segundo jornais da época, Santos prendeu as crianças por desconfiar que estivessem sendo orientadas pela Igreja a incitar uma manifestação contra o Estado. Isso porque, com o fim da monarquia em 1910 e as novas leis da República, a Igreja havia perdido vários benefícios.
– O segundo segredo pode ter sido uma reação da Igreja à Revolução Russa, em 1917. O comunismo fazia forte oposição à fé católica e ao Vaticano, que perderia poder caso essa ideologia avançasse.
– O papa Bento 16, que ficou encarregado de interpretar o terceiro segredo, nunca tratou o assunto como “aparições” de Maria, mas como “visões” de “linguagem simbólica de difícil decifração”.
– O investigador paranormal Joe Nickell sugere que o milagre no Sol foi um parélio. Esse fenômeno atmosférico raro acontece quando a luz solar penetra nuvens de cristais de gelo capazes de repartir os raios, fazendo aparecer “mais sóis” no céu.
– Em The Vatican Billions, o pesquisador britânico Avro Manhattan afirma que a Igreja inventou aparições de diversas “Nossas Senhoras” para enriquecer. Só o Santuário de Fátima arrecadaria, em média, 8 milhões de euros por ano.
– As visões revigoraram a imagem da Igreja Católica vitimada, dando-lhe “uma forte erupção do sobrenatural em um momento difícil”, segundo o monsenhor Carlos Azevedo, que chefiou a compilação dos volumes sobre Fátima.
– De acordo com o escritor e especialista em fenômenos da fé Manuel Arouca, que teve acesso aos escritos apocalípticos redigidos pela irmã Lúcia, o fatal atentado contra o papa ainda vai ocorrer. E no próprio Santuário de Fátima, em Portugal.

(Fonte: Mundo Estranho)

0 comentários:

CURTA!