sábado, 13 de janeiro de 2018

Homem acusa prefeito de Santo Antônio de Jesus de agressão após cobrar suposta dívida

Em vídeo divulgado em grupos de WhatsApp, um homem acusa o prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade (PSD), de agressão física e verbal, logo após uma cerimônia para inaugurar a reforma de uma creche. O rapaz, que trabalha como porteiro no Hospital Regional do município, teria ido cobrar uma dívida de R$17 mil, contraída depois que ele comprou um automóvel fiado para trabalhar na campanha do pessedista. À época, o gestor teria prometido quitar a dívida e deixar o carro com o auxiliar.
Homem acusa prefeito de Santo Antônio de Jesus de agressão após cobrar suposta dívida

“Vi o prefeito se mordendo de raiva e me chamou de ‘filho da puta’”, prosseguiu, acrescentando que teria sido ameaçado de demissão do Hospital Regional, onde trabalha como porteiro.

Procurado pelo BNews, Rogério Andrade sugeriu que o rapaz tem problemas psicológicos. “Ele é contratado por algum adversário. Nem próximo nós chegamos dele. Ele chegou exaltado ao evento, tirou a camisa e começou a fazer gestos obscenos. Calcei sete ruas em um bairro, uma delas foi a dele. Acabei sugerindo o nome dele para trabalhar no Hospital Regional. Isso chocou a todos. Não houve registro criminal. Sou eu que vou fazer uma representação, foi algo chocante. Cinco minutos depois meu adversário já estava na delegacia esperando ele”, declarou. “Ele ameaçou jogar a moto em cima do meu carro para dizer que eu o tinha atropelado ele”, acusou.

0 comentários:

CURTA!