sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Amargosa: Câmara aprova reajuste em tributos e empréstimos de 10 milhões para a prefeitura

 
Na noite de quinta-feira (07), no Plenário da Prefeitura, foi realizada Sessão Extraordinária da Câmara de Vereadores de Amargosa. Nesta sessão foi aprovado o novo Código Tributário e de Rendas do Município, e autorizou a contratação de três empréstimos junto a instituições financeiras, que somados chegam ao valor de R$ 10 milhões de reais. Segundo informações de edis, os projetos foram encaminhados no dia 1º de dezembro, pelo prefeito Júlio Pinheiro (PT), para a casa legislativa.

Cinco vereadores se abstiveram nas votações, Viviane Santana (PSDB), Oldaque Maia (PPS), Val Cintra (DEM), Charuto (PSB) e Xuxa (PV), sob a justificativa do curto espaço de tempo para a devida análise dos projetos, que segundo eles, podem vir a onerar as contas públicas e aumentar a carga tributária municipal. Os edis ainda reivindicaram criticamente o executivo municipal, por não realizar audiência pública em apresentação dos projetos para a população.   
Os sete vereadores que votaram pela aprovação dos projetos foram Marcos Paulo (PSD), José Vaz (DEM), Paulo Leite (PT), Zane Andrade (PSD), Madeira (PROS), Diego Mercês (PDS) e Miguel Silva (PSD), estes se deram por satisfeitos com a totalidade do projeto.

A sessão contou com um grande número de servidores do município, e demais populares que se manifestavam conforme o intenso debate entre os edis acerca do polêmico projeto.  A Polícia Militar e a Guarda Municipal se fizeram presentes, e garantiram o andamento da sessão. Os projetos aprovados entram em vigor a partir do ano de 2018.


0 comentários:

CURTA!