quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Picciani e Paulo Melo se entregam à PF, após Justiça mandar prendê-los

RIO — O presidente da Alerj, deputado Jorge Picciani, e o deputado Paulo Melo se entregaram na tarde desta quinta-feira na sede da Polícia Federal, na Praça Mauá. A assessoria de imprensa do deputado Edson Albertassi, líder do governo de Luiz Fernando Pezão na Alerj, informou que ele também vai se entregar.

O Tribunal Regional Federal da 2ª região (TRF-2) determinou hoje, por unanimidade, a prisão de Picciani, Melo e Albertassi, todos do PMDB. Eles foram alvos da Operação Cadeia Velha na terça-feira. Com a decisão, o mandado de prisão foi expedido, e a Alerj e o Ministério Público Federal (MPF) serão notificados. 

Após receber a notificação, a Alerj vai convocar uma sessão extraordinária para avaliar a determinação. Segundo deputados, a sessão deve ocorrer às 15h de sexta-feira. No entanto, é possível que seja convocada ainda nesta quinta.
*O GLOBO

0 comentários:

CURTA!