quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Svetlana Alexievich vence Nobel de Literatura 2015

A escritora e jornalista bielorrussa Svetlana Alexievich, de 67 anos, foi anunciada na manhã desta quinta-feira (8) vencedora do Nobel de Literatura 2015. Ela é a 14ª mulher a vencer o prêmio. A escolha foi divulgada em um evento na cidade de Estocolmo, na Suécia. Além do título, a escritora ganha 8 milhões de coroas suecas.
Segundo o comitê da premiação, Alexievich foi escolhida por sua "obra polifônica, um monumento do sofrimento e da coragem em nosso tempo". Sem títulos publicados no Brasil, o livro mais famoso da escritora é "Voices from Chernobyl", que reúne entrevistas com testemunhas da maior catástrofe nuclear da história.
"Acabo de informá-la", afirmou Sara Danius, secretária da Academia Sueca, ao canal público SVT. "Ela disse apenas uma palavra: Fantástico!", completou. "É uma grande escritora, que encontrou novos caminhos literários", disse Danius.

Biografia
Svetlana Alexievich nasceu em 31 de maio de 1948 na cidade de Ivano-Frankivsk, na Ucrânia, mas cresceu na Bielorrússia. Estudou jornalismo na Universidade de Minsk entre 1967 e 1972. Após a graduação, ela trabalhou num jornal local na província de Brest.
Depois ela voltou para Minsk, onde trabalhou no jornal "Sel’skaja Gazeta". Por muitos anos, ela reuniu material para seu primeiro livro "War's Unwomanly Face" (1988), que é baseado em entrevistas com centenas de mulheres que participaram da Segunda Guerra Mundial.
Este trabalho é o primeiro do grande ciclo de livros de Alexievich, "Voices of Utopia", em que a vida na União Soviética é retratada a partir da perspectiva do indivíduo. Por causa de sua crítica ao regime, Alexievich viveu periodicamente no exterior, na Itália, França, Alemanha e Suécia, entre outros lugares.
Entre seus livros traduzidos para o inglês, estão "Zinky Boys: Soviet Voices from a Forgotten War" (1992), "Zinky Boys: Soviet Voices from the Afghanistan War" (1922), "Voices from Chernobyl: Chronicle of the Future" (1999) e "Voices from Chernobyl: the Oral History of a Nuclear Disaster" (2005).
Alexievich é a 14ª mulher a ganhar o Nobel de Literatura. Em 2013, a escritora canadense Alice Munro recebeu o prêmio. A cerimônia de entrega acontecerá em Estocolmo, no dia 10 de dezembro, aniversário da morte do fundador do prêmio, Alfred Nobel.
Em 2014, o vencedor do Nobel de Literatura foi o francês Patrick Modiano. Ele foi o 11º autor nascido na França a ser premiado.


                                                       (Fonte: G1)

0 comentários:

CURTA!