domingo, 19 de julho de 2015

“O PMDB já deveria ter saído dessa aliança há muito tempo", declarou o senador Ricardo Ferraço do PMDB à Jovem Pan.


  O senador peemedebista Ricardo Ferraço (ES) classifica o embate entre o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e a presidente Dilma Rousseff como “crise pessoal”. “Os problemas pessoais não podem alterar a necessidade daquilo que precisamos continuar fazendo, que é adotar as medidas que possam dotar o Brasil de meios e formas para mudar aquilo que não está indo bem”, diz em entrevista exclusiva à Jovem Pan neste domingo (19).

0 comentários:

CURTA!