quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

AMARGOSA: NOVA SEDE DA DEFENSORIA PÚBLICA É INAUGURADA NO MUNICÍPIO
A população da cidade de Amargosa, recôncavo baiano, a partir desta terça-feira, 19, passa a contar com uma nova sede da Defensoria Pública do Estado da Bahia –  DPE/BA. A Instituição, que anteriormente funcionava no Fórum da Comarca, agora está localizada na Rua Deraldo Bulhões de Souza, nº136, Centro. A inauguração contou com a participação de defensores públicos, servidores, autoridades e representantes da sociedade civil.
“Volto a Amargosa para renovar nossos votos com os cidadãos amargosenses entregando uma sede independente, melhor estruturada, mais ampla, acessível, para dar mais dignidade não somente para aqueles que buscam nossos serviços, mas também para os defensores e defensoras, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias que põem a DPE em funcionamento e merecem um local para chamar de seu”, disse defensor público geral, Clériston Cavalcante de Macêdo. Ainda de acordo com o defensor-geral, proporcionar uma infraestrutura adequada é um dos objetivos do Plano Estratégico para tornar a Defensoria Pública mais reconhecida e fortalecida.
A defensora pública Julia Araújo de Abreu, que atua em Amargosa, destacou o papel decisivo da população para a instalação da Defensoria Pública na cidade: “Essa é uma história de um povo aguerrido, que não descansou enquanto não trouxe de volta a Instituição que iria, ao seu lado lutar pela efetivação de direitos. E a luta deu certo, com a reimplantação da Defensoria no município, no ano de 2015. Exemplos como esse demonstram que o exercício da cidadania ativa é essencial para a concretização da democracia e emancipação do povo”.
Para a defensora pública Clarissa Verena Lima Freitas, a inauguração da nova sede fortalece ainda mais os laços com a sociedade civil, permitindo uma prestação de atendimentos com mais dignidade aos assistidos, os quais passarão a contar com um espaço mais amplo e acessível.
A presidente da Associação dos Defensores Públicos da Bahia – Adep/BA, Elaina Rosas, considerou ser um momento de alegria a inauguração da sede em Amargosa “Muitas vezes contamos com o apoio do município ou do judiciário que cedem salas e servidores, mas nada como estar na nossa casa. A inauguração significa a valorização do trabalho, é uma melhoria na qualidade e na eficiência do serviço que está sendo prestado. Ganham as defensoras que aqui atuam, ganham os servidores e estagiários e ganha principalmente a população de Amargosa”, falou Rosas.
Em sua fala, o prefeito Júlio Pinheiro dos Santos destacou que a identidade da Defensoria Pública da Bahia será reafirmada ao inaugurar uma sede em local próprio onde as pessoas identificarão a importância da Instituição para a sociedade. Na opinião da liderança amargosense Cacirlene Correia, ter um ambiente próprio de atendimento aproxima aqueles que necessitam dos serviços da Instituição. Ela considerou a inauguração uma conquista a ser celebrada após anos de luta. “Foram anos de desafio e portas na cara. Agradeço a atual gestão por ter cumprido o que foi prometido com a expansão, inaugurações de sedes e convocação de defensores públicos”, agradeceu Cacirlene.
O coordenador da 6ª Regional – Santo Antônio de Jesus, Lucas Melo, falou a respeito do modo que a interiorização da DPE/BA vem sendo feita. De acordo com ele, a experiência vivida após passar por quatro comarcas, que contavam com uma estrutura precária e atualmente estão todas reformadas faz com que ele corrobore com a opinião que o processo está sendo executado da melhor forma possível.
“Queremos uma Defensoria Pública que aprofunde as políticas de ações afirmativas. Para a Defensoria ser democrática ela precisa representar todo mundo. Tem que ter os negros, os brancos, os indígenas e é nessa Defensoria com o trabalho de tantos que nos tornamos a primeira Defensoria Pública no Brasil a colocar cotas raciais na sua Lei Orgânica. Nós queremos que os meninos e meninas de Amargosa sonhem um dia em estar ocupando este espaço, mas não na condição de cliente do sistema”, concluiu a ouvidora-geral da DPE/BA, Vilma Reis.
Estiveram presentes na solenidade o subdefensor-geral Rafson Ximenes; a coordenadora das Regionais, Soraia Ramos; o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Sampaio; o juiz diretor do Fórum da cidade, Luís Henrique de Almeida e o promotor de Justiça do Ministério Público, Vitor Freitas.
*www.defensoria.ba.def.br / edição Outro Olhar Amargosa 
DAL REIVINDICA NA DIRETORIA DA EMBASA MELHORIAS PARA AMARGOSA, BREJÕES E SÃO MIGUEL
O Deputado Estadual amargosense Adalberto Barreto, Dal, esteve junto a com a diretoria da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A (Embasa), nesta terça-feira(19), para reivindicar melhorias para os municípios de Amargosa, Brejões e São Miguel das Matas. 

O Deputado apresentou demandas em extensão de rede de água para as localidades de Baitinga, Caretas, Palmeiras, Várzea e Córrego, atendendo assim inúmeras famílias no município de Amargosa. Bem como, para o município de Brejões, uma nova barragem foi solicitada para atender a cidade depois a existente é uma barragem de nível e encontra-se com dificuldades Entre as solicitações, foi reivindicado também  a integração de São Miguel das Matas ao sistema de abastecimento de água de Santo Antônio de Jesus.

Confira abaixo a publicação do Deputado Dal sobre o assunto em sua fan pag:

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

1ª CORRIDA DE VERÃO DELIMITA UMA NOVA ERA DO ATLETISMO EM AMARGOSA

A manhã de domingo (17) foi grafada pelo êxito da 1ª Corrida de Verão. Os transeuntes, participantes, atletas e expectadores salientaram a organização do evento esportivo supracitado. O desportista e professor de Educação Física Tarcisio Silva, idealizador do projeto, relatou para este autor que vos escreve a sua felicidade diante do sucesso da 1ª Corrida de Verão, além de ter mencionado o apoio imprescindível do Grupo Movimentação.


Os moradores de Amargosa tiveram uma manhã diferente, cujos atletas e participantes percorreram as ruas centrais da nossa cidade. Uma corrida de rua possibilita o elo entre o atleta e o morador, este último, identificando-se e torcendo pelo triunfo do primeiro. É irrefutável que o grande ícone da prova foi o vencedor geral da corrida na prova de 10 km, o atleta de Ubaíra Antônio Santos; os amargosenses ficaram impressionados com a performance deste atleta, por causa da expressiva diferença para o 2º colocado. Momentaneamente, Antônio Santos se tornou uma personalidade em Amargosa. Na competição feminina de 5 km, a vencedora geral foi a atleta Taiane Santos, também da cidade de Ubaíra. Ademais, devemos fazer uma menção honrosa aos atletas amargosenses com melhores colocações, o jovem e promissor corredor Marcos Dias, que ficou em 3º lugar no geral, e Silvânia Brito, com a 2ª colocação.


As provas de 5 km e 10 km estão no calendário olímpico. Diferentemente da tradicional maratona (42 km) que exige uma resistência maior, a prova de 10 km requer um equilíbrio entre velocidade e resistência, por conseguinte, o atleta precisa poupar energias sem perder de vista um ritmo bem intenso de corrida. Na prova de 5 km, o atleta deve privilegiar mais o fator velocidade, pois é uma prova mais curta. Por falta de investimentos maciços e pontuais (entre outros fatores), os atletas brasileiros não estão conseguindo boas colocações nos Jogos Olímpicos nas provas elencadas acima.


Nosso país e nossa cidade precisam avançar no atletismo. Além da gênese de atletas de alto rendimento, é mister criar no país uma cultura de prática esportiva para que combatamos a propagação do sedentarismo no século XXI. Sem dúvida, a 1ª Corrida de Verão foi um ensejo de suma significância para o incentivo da prática de atividades físicas; a criteriosa organização e o sucesso de público a posicionam como uma divisora de águas em Amargosa. Pode-se afirmar categoricamente que a 1ª Corrida de Verão já delimitou uma nova era do atletismo amargosense.

(Tosta Neto, 19/02/2018) * Outro Olhar Amargosa

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp


AMARGOSA: POLÍCIA APREENDE DROGAS E PRENDE MULHER
Numa operação conjunta entre a  Polícia Civil de Amargosa e a CIPE LN, foi presa em flagrante delito no final desta segunda feira, 18/02/2019, a pessoa de Joseane da Silva Santos, mais conhecida por “Sheila”, 29 anos, durante o cumprimento de mandado judicial de busca e apreensão. 

Entre o material apreendido está mais de 03 (três) Kilogramas de “maconha” prensada; 01 (um) litro da substância clorofórmio, base para o refino do entorpecente conhecido popularmente como “Loló”, 11 (onze) flaconetes de “loló”, já prontos para o consumo e centenas de embalagens plásticas para confecção desta substância tóxica, a qual foi proibida devido a vários relatos de parada cardíaca pelo uso desta droga, que também está conectada a casos de depressão e de morte quando usada em excesso. Por fim, foram apreendidos diversos pinos vazios de cocaína. 

Todo o material entorpecente estava escondido numa residência abandonada de propriedade de Rosa Cristina Lima dos Santos, vulgo “Rasta”, que foi embora de Amargosa para a Cidade de Salvador há mais de dois anos, ficando o tio de Sheila responsável pelo imóvel, o qual passou uma cópia das chaves para a acusada, que começou a utilizar o imóvel abandonado para armazenamento de entorpecente, como forma de dificultar o trabalho policial. 

De acordo com as investigações, “Sheila” era responsável por guardar o entorpecente de traficantes do bairro da Gamboa, que tem como seu principal líder Erinaldo de Jesus Santos, o “Nanau”, que se encontra foragido da Justiça. 

Há informações que “Sheila”, em algumas oportunidades fazia o papel da “mula”, ou seja, viajava para Salvador para pegar droga ilícita e transportar até a Cidade de Amargosa.  A acusada trabalha vendendo rifa, havendo notícias que se aproveita deste trabalho para repassar drogas a alguns clientes. 

O “loló” estava sendo refinado para a comercialização durante os festejos carnavalescos na Cidade de Amargosa.

Joseane da Silva Santos, vulgo “Sheila” está presa no DISEP e ficará a disposição da Justiça Criminal, onde responderá por tráfico de drogas, podendo pegar até 15 anos de prisão.

*Fonte: Polícia Civil / edição Outro Olhar Amargosa

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp


LAVA JATO: EX-SENADOR ALOYSIO NUNES E OPERADOR DO PSDB SÃO ALVOS EM NOVA FASE

A 60ª fase da Operação Lava Jato prendeu, na manhã desta terça-feira 19, o engenheiro Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ex-diretor da Departamento Rodoviário S.A. (Dersa), estatal de engenharia do governo de São Paulo, durante as gestões do PSDB.
Batizada de “Ad Infinitum”, a operação da Polícia Federal cumpre doze mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Souza e ao ex-ministro das Relações Exteriores e ex-senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), hoje presidente da estatal Investe SP, na gestão do governador João Doria (PSDB).
Em nota, o Ministério Público Federal (MPF) argumentou que a prisão de Souza era “imprescindível” tendo em vista a “gravidade concreta dos crimes de lavagem de dinheiro relacionado à corrupção, que envolveram mais de uma centena de milhões de reais, da reiteração e habitualidade na prática de crimes por mais de uma década”.
A investigação tem relação com suspeitas de lavagem de dinheiro da empreiteira Odebrecht entre 2007 e 2017, em transações que ultrapassam 130 milhões de reais. O ex-diretor da Dersa já havia sido preso duas vezes entre abril e maio de 2018. Em ambas as oportunidades, foi libertado por decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Nas oportunidades, ele foi detido suspeito de desviar 7,7 milhões dos cofres da empresa, dinheiro que era destinado a indenizar famílias desalojadas por obras de infraestrutura no estado.
Paulo Vieira de Souza assumiu o comando da empresa de engenharia em 2007, durante a administração do ex-governador e senador José Serra (PSDB), da qual Aloysio Nunes Ferreira foi secretário-chefe da Casa Civil até 2010, quando saiu para se eleger ao Senado.
Fonte:  VEJA / edição Outro Olhar Amargosa

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

AMARGOSA: PARTIDA DE FUTEBOL É SUSPENSA E FACHADA DE LOJA CAI APÓS FORTES CHUVAS

Partida de futebol é suspensa e fachada de loja cai após fortes chuvas em Amargosa

*com informações de Criativa / edição Outro Olhar Amargosa
A fachada de uma loja no centro de Amargosa caiu após forte chuva neste domingo (17) na cidade.
De acordo com informações, felizmente ninguém ficou ferido. A queda da fachada aconteceu na noite de domingo após o temporal com relâmpagos e trovões.
Ainda no mesmo dia, um muro caiu no estádio municipal, onde era realizada a partida entre Videira e União pela semifinal do campeonato local de futebol.
De acordo com informações de pessoas que estavam no estádio, uma pessoa foi atingida pelo raio e acabou sendo hospitalizada. Por questão de segurança, a arbitragem teve a prudência de paralisar a partida.


sábado, 16 de fevereiro de 2019

MAJU COUTINHO ESTREIA COMO A 1ª MULHER NEGRA A APRESENTAR O JN

Ao lado de Rodrigo Bocardi, apresentadora recepcionou o novo responsável pelo mapa-tempo
Maria Júlia Coutinho, a Maju, estreou na bancada do Jornal Nacional neste sábado (16), marcando um fato inédito: foi a primeira vez que o programa foi apresentado por uma mulher negra. Ao lado de Rodrigo Bocardi, Maju anunciou as principais notícias do dia e recepcionou o novo responsável pelo mapa-tempo, Tiago Scheuer.
Na web, os internautas comemoraram a novidade. “Maju Coutinho no Jornal Nacional agora. Reafirmando porque é significativo para nós, mulheres negras. Representatividade importa, sim!”, comemorou uma seguidora.
No momento de apresentar a previsão do tempo, o protocolo do telejornal foi alterado e Rodrigo brincou: "Hora da previsão do tempo... E agora?". Maju não perdeu o humor e respondeu: "Agora eu vou passar por uma situação super inusitada".
O âncora, então, se levantou da bancada e começou a caminhar em direção ao telão, mas parou no meio do caminho. "Pensando melhor, eu acho que não é justo, né? Você me dá a honra e o prazer de você seguir esse caminho e buscar as informações da previsão do tempo. Até porque isso é área de vocês", disse Rodrigo.
Em resposta, Maju comentou: "Seguirei... Que inusitado! Muito obrigado, Rodrigo, seguirei", enquanto se dirigia até o telão em que costumava aparecer. "Tiago Scheuer, que prazer estar aqui do outro lado", disse Maju. "O prazer é meu, Maju. Em primeiro lugar, bem-vinda, boa sorte, ainda mais sucesso pra você que é uma pessoa iluminada, muito gente boa, todo mundo sabe disso, a gente adora ter você como colega. Boa sorte aí nesse novo desafio que a gente está na torcida aqui", comemorou Tiago.
Fonte: CORREIO 24 HORAS / edição Outro Olhar Amargosa

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp

PREFEITO DE ITATIM PERDE FORO ESPECIAL EM ACUSAÇÃO DE TORTURA VIA CHOQUE ELÉTRICO
O prefeito de Itatim, no Piemonte do Paraguaçu, Gilmar Pereira Nogueira, o “Tingão”, teve um processo que responde por crime de tortura remetido à Justiça de primeiro grau. A decisão, publicada nesta sexta-feira (15), é do desembargador João Bôsco de Oliveira Seixas, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O magistrado atendeu nova determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). Em maio do ano passado, o Supremo considerou que políticos só podem ter foro especial, o “foro privilegiado”, quando os fatos denunciados ocorram durante os mandatos.

O caso em questão teria ocorrido em janeiro de 2008, quando Tingão atuava como delegado de Milagres, na mesma região. Segundo o Ministério Público do Estado (MP-BA), Gilmar Nogueira teria desferido socos e pontapés contra Rosinaldo de Jesus e Jailton Silva Oliveira, acusados de furto em uma propriedade no povoado Julião de Cima. Outros dois policiais – um civil Gonçalo Alves de Freitas, e um militar Claiton Araújo Vieira – réus no mesmo processo teriam começado as sessões de tortura, ainda no povoado.

Conforme narra o MP-BA, ao trazer os dois homens à delegacia por “não terem colaborado” os dois policiais os apresentaram ao delegado. Gilmar primeiro saca uma barra de ferro para intimidar os dois. Logo após inicia uma sessão de agressões, o que incluiu uso de choque elétrico.

Segue relato da acusação: “Eles foram levados a uma sala onde havia um computador, ficando junto com o Delegado Gilmar Pereira e o policial civil Gonçalo. Nessa sala, iniciou-se uma sessão de torturas praticadas pelo Delegado Gilmar Pereira Nogueira contra ROSINALDO e JAILTON ("Duca"), pois eles não respondiam às perguntas a eles formuladas, conforme a orientação do Delegado. Ato contínuo, o Delegado de Milagres pegou um fio de energia e passou a dar choques na mão e no pescoço de ROSINALDO, que gritava de dor e dizia 'não faz isso comigo, porque eu não fiz nada', deixando marcas no corpo da vítima”. Tingão segue no segundo mandato consecutivo na prefeitura de Itatim.
Fonte: Bahia Notícias / edição Outro Olhar Amargosa

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp

PALMEIRAS BRIGA PARA GANHAR O MESMO QUE CORINTHIANS E FLAMENGO E PODE TER JOGOS NO FACEBOOK E YOUTUBE

A negociação do Palmeiras com as Organizações Globo, pela venda dos direitos de exibição de seus jogos em TV aberta e Pay-per-view (PPV), segue estagnada.
Com caixa reforçado e, portanto, sem qualquer pressa ou necessidade financeira de definir a questão, o clube segue impassível e trata como muito palpável a possibilidade de ter apenas jogos exibidos na TV fechada, pelos canais TNT e Space, da Turner, com quem tem contrato.
A Crefisa, maior interessada em ter o clube na TV aberta, já disse não se importar, caso o clube fique sem exibição no canal de maior audiência no país.
"Eu confio que o presidente Galiotte fará o que for melhor para o clube", diz Leila Pereira.
A Globo também porta-se de modo inflexível na questão. Não aceita pagar ao Palmeiras o que o clube deseja - valores semelhantes aos de Corinthians e Flamengo, na casa de R$ 120 milhões de garantia mínima no PPV -, tampouco remover da proposta um redutor de 15% no valor a ser recebido, por conta de o clube ter assinado com a Turner.
Há, no entanto, uma hipótese que ganha força na questão.
Pessoas com acesso aos bastidores dessa negociação entrevistadas pelo ESPN.com.br entendem que, mediante a dificuldade de conseguir aumentar os valores, o clube pode fazer uma proposta para obter outro tipo de vantagem.
Destas possibilidades, o direito de poder transmitir os jogos do time por streaming em canais próprios, como sua página de Facebook ou perfil no Youtube, ainda que em parceria com a Globo, via Premiere, aparece como hipótese viável.
A saída daria ao Palmeiras alguma vantagem em relação às negociações já feitas, sem fazer com que a Globo tivesse de gastar mais pelo acordo com o clube e ainda ter um prejuízo menor no que diz respeito ao número de partidas que deixará de exibir nesta temporada.
Sem acordo com Athletico-PR e Palmeiras, e com Bahia, Fortaleza, Internacional, Ceará e Santos fechados com a Turner para TV paga, hoje, os canais das Organizações Globo - TV Globo, Sportv e Premiere - deixariam de exibir 74 partidas.

(Fonte: ESPN / * Edição Outro Olhar Amargosa)

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp


NOVA MISSÃO DA NASA VAI EXPLORAR AS ORIGENS DA VIDA E DO UNIVERSO

No mesmo dia em que decretou o fim da missão Opportunity, que mudou completamente tudo aquilo sabemos sobre Marte, a Nasa anunciou uma nova missão — desta vez com os olhos voltados para o horizonte cósmico. Batizada de SPHEREx, lidará com nada menos que algumas da maiores questões existenciais da humanidade. Seu objetivo principal será desvendar os detalhes por trás da evolução do Universo e procurar os ingredientes básicos da vida como a conhecemos pelos sistemas planetários de nossa galáxia.
Obter novas descobertas científicas sobre esse tipo de questão não é nada fácil. Para armar os astrônomos com a quantidade de dados que precisam para escrutinar o cosmos, a SPHEREx irá coletar informações a respeito de 100 milhões de estrelas em nossa galáxia e de 300 milhões de galáxias no Universo, próximas e distantes de nós. Algumas delas ficam a 10 bilhões de anos-luz da Terra. Todo o céu será monitorado a cada seis meses em dois comprimentos de onda: na luz visível e no infravermelho próximo.
Cada mapa criado contemplará 96 cores distintas, o que supera de longe as resoluções de mapeamentos abrangentes do gênero realizados anteriormente. A missão está programada para operar por dois anos a partir de 2023, quando deve ser lançada ao espaço. O custo total do projeto é orçado em US$ 242 milhões. “Essa missão incrível vai fornecer um verdadeiro tesouro de dados únicos para os astrônomos”, disse em comunicado Thomas Zurbuchen, administrador associado do diretório de missões científicas da Nasa.
“Ela vai entregar um mapa galáctico sem precedentes contendo as ‘impressões digitais’ dos primeiros momentos da história do Universo”, afirma. “E nós teremos novas pistas sobre um dos maiores mistérios na ciência: o que fez o Universo se expandir tão depressa menos de um nanossegundo depois do big bang?” Dentro da Via Láctea, a SPHEREx vai conduzir buscas minuciosas por elementos como água e moléculas orgânicas em berçários estelares, regiões marcadas por estrelas e planetas nascendo em profusão.
Nesse aspecto, a nova empreitada se encaixa muito bem no portfólio de futuras missões científicas da Nasa. Dados coletados pelo programa podem revelar alvos promissores para serem estudados individualmente por outros potentes telescópios espaciais, como o James Webb e o WFIRST.
É assim que as coisas funcionam na Nasa: o Oppy se foi, mas a SPHEREx vem aí. A verdade está lá fora e, nessa busca incansável, não se pode perder um único dia. O show tem que continuar — e a ciência deve seguir avançando.

(Fonte: Superinteressante / * Edição Outro Olhar Amargosa)

Clique aqui e participe do Grupo Outro Olhar Amargosa no WhatsApp


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

BOLSONARO E BEBIANNO TÊM DISCUSSÃO ÁSPERA E MINISTRO PODE CAIR NA 2ª FEIRA

Presidente viu ‘quebra de confiança’, Bebianno expôs conversas para mídia

Fonte: PODER360 /edição Outro Olhar Amargosa
Continua envenenada a relação entre Jair Bolsonaro e seu ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.
No final da tarde desta 6ª feira os 2 tiveram uma conversa dura. Houve insultos. Bebianno não aceitou uma proposta para ser deslocado para outro posto, de hierarquia inferior.
A ordem de demissão do ministro está pronta. Pode ser publicada no Diário Oficial da União na 2ª feira (18.fev.2019). A decisão cabe apenas a Bolsonaro. Interlocutores ouvidos pelo Poder360 acham que o presidente está propenso a dispensar o assessor.
Mas este episódio teve várias reviravoltas nos últimos dias. Nesta 6ª feira pela manhã o presidente praticamente havia aceitado manter Bebianno como ministro.
Depois do almoço, entretanto, ao saber detalhes de vazamentos de áudios que compartilhou com Bebianno, o presidente se irritou e decidiu contar a história completa para todos os seus ministros que estavam em Brasília. Disse ter havido “quebra de confiança”. Ninguém discordou.
Drive, newsletter do Poder360 para assinantes, publicou na 5ª feira (14.fev.2019) o relato sobre o vazamento de 1 desses áudios. Nesta 6ª feira, a informação foi divulgada pelos sites O Antagonista e Veja.
O ato final desta 6ª feira foi uma conversa duríssima entre Bolsonaro e Bebianno. A indicação é de demissão do ministro. Mas há muitos políticos profissionais atuando para tentar evitar esse rompimento.
Os políticos e alguns militares apresentam duas razões principais para Bebianno ficar como ministro da Secretaria Geral da Presidência:
  • Homem bomba – Bebianno sabe tudo da campanha de 2018. Conhece cada milímetro das decisões tomadas. Se for demitido, não importa se falar a verdade ou não. Tudo terá verossimilhança;
  • Congresso desarranjado – o ministro fez relações. Apoiou Rodrigo Maia. Tem conexões. Se for defenestrado por causa de 1 tweet de Carlos Bolsonaro, o efeito será demolidor para a confiança que está sendo construída entre Planalto e Congresso.
O Poder360 apurou que nas próximas 48 horas haverá muita pressão a favor e contra a demissão de Bebianno.

CRONOLOGIA DA 6ª FEIRA

Eis os fatos mais relevantes sobre o caso Bebianno nesta 6ª feira (15.fev.2019):
  • Alvorada pela manhã – o presidente relutou, mas foi convencido a pensar numa solução para pacificar a relação com Gustavo Bebiano. Participaram, entre outros, os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Santos Cruz (Secretaria Geral) e a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP);
  • Almoço no Planalto – Bebianno em almoço com Onyx, Santos Cruz e Joice é convencido a baixar o tom e aguardar uma solução para sua permanência no governo;
  • Áudios vazados – o conteúdo de gravações de mensagens do presidente para Bebianno começaram a aparecer na mídia. Por exemplo, uma sobre o cancelamento de reunião entre o ministro da Secretaria Geral e 1 diretor do Grupo Globo. Outra comentando publicação no site O Antagonista. Jair Bolsonaro ficou irritado e foi até o Palácio do Planalto e chamou todos os ministros que estavam em Brasília para uma conversa;
  • Consulta a ministros – o presidente relatou o episódio envolvendo Bebianno. Disse considerar ter havido quebra de confiança pela divulgação de áudios que deveriam ser privados. Perguntou se todos os ministros concordavam com essa avaliação. Não houve contestações;
  • Reunião com Bebianno – já no final da tarde de 6ª feira, Bolsonaro recebeu o ministro da Secretaria Geral no Planalto. Disse que a situação estava ruim e ofereceu alguma outra posição para Bebianno, como o comando de uma empresa estatal. A conversa foi rígida. O ministro não aceitou. Houve insultos. Bebianno saiu certo de que será demitido e disse que não ficará calado.
 BOLSONARO DECIDE MANTER BEBIANNO COMO MINISTRO

A informação foi dada ao ministro pelos colegas Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Carlos Alberto Santos Cruz (Secretaria de Governo). 

*ESTADÃO/ edição Outro Olhar Amargosa

Interlocutores do presidente Jair Bolsonaro afirmam que ele decidiu atender aos apelos políticos e manter o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, no cargo. O presidente ainda não conversou com o ministro.
A informação foi dada a Bebianno pelos colegas Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Carlos Alberto Santos Cruz (Secretaria de Governo).
Ambos fazem parte do grupo que trabalhou para amainar a crise entre Bolsonaro e Bebianno e garantir a permanência do ex-presidente do PSL no governo. Bebianno, que foi chamado publicamente de mentiroso pelo presidente e seu filho Carlos, avisou que não pediria demissão, apesar da pressão, e que caberia a Bolsonaro tomar a iniciativa se quisesse.

ROSA WEBER PEDE MANIFESTAÇÃO DE MINISTRO DA EDUCAÇÃO SOBRE ENTREVISTA
A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber concedeu hoje (14) prazo de dez dias para que o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, se manifeste sobre declarações dadas em uma entrevista à revista Veja. A manifestação do ministro é facultativa. 
"Ante o exposto, determino a notificação do Ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez, para que responda, querendo, à presente interpelação no prazo de 10 (dez) dias", decidiu a ministra. 
A solicitação foi motivada por uma interpelação judicial criminal protocolada na Corte pelo advogado Marcos Aldenir Ferreira Rivas. Segundo Rivas, em entrevista publicada pela revista, no dia 6 de fevereiro, Vélez disse que "o brasileiro viajando é um canibal". No entendimento do advogado, o ministro cometeu o crime de calúnia.
Na decisão, a ministra explicou que, após a manifestação do ministro, o pedido de explicações será devolvido ao advogado, que poderá ou não oferecer uma queixa-crime posteriormente.  
"Enfatizo que o ato judicial que analisa a interpelação criminal não emite juízo de valor sobre o conteúdo debatido, uma vez que representa típica providência de contenção cognitiva", afirmou. 
O Ministério da Educação informou que o ministro ainda não foi notificado. Assim que for, ele responderá.
*Agência Brasil / edição Outro Olhar Amargosa
SEGURANÇA SUFOCA RAPAZ ATÉ A MORTE EM SUPERMERCADO NO RJ
                                           Um jovem morreu após ser imobilizado por um segurança do hipermercado Extra, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, na tarde desta quinta-feira. Pedro Gonzaga, de 19 anos, teria tentado roubar a arma do segurança, quando foi derrubado por ele em um "mata-leão". 
As imagens registradas em vídeos ,  mostram que pessoas no entorno alertavam para a gravidade do caso. "Está desmaiado, não está não?", indagou alguém. "Está sufocando ele", disse uma mulher. "Ele está com a mão roxa", constatou outra pessoa. O segurança, no entanto, não soltou o pescoço do jovem e disparou: "Cala a boca". 
O Corpo de Bombeiros informou que o encaminhou, ainda com vida, para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra, após uma parada cardiorrespiratória.  De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o homem deu entrada na CER Barra por volta das 14h, levado por ambulância dos Bombeiros, já em parada cardiorrespiratória. Foi ressuscitado, mas teve outras duas paradas e faleceu às 15h10. "Como chegou à unidade com relato de queda, corpo foi encaminhado para o IML", informou a pasta na nota. Ainda não há informações sobre a data e local de enterro de Pedro.
A Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que as testemunhas foram conduzidas a prestar depoimento na 16ª DP (Barra da Tijuca). 
Em nota, o Extra repudiou o caso e informou que os seguranças presentes na ação foram afastados. Confira a íntegra:
"Sobre o fato em questão, a empresa já abriu uma investigação interna e constatou de forma inicial que tratou-se de uma reação a tentativa de furto a arma de um dos seguranças da unidade da Barra da Tijuca. Após o indivíduo ser contido pelos seguranças, a loja acionou a polícia e o socorro imediatamente. A empresa já abriu um Boletim de Ocorrência e está contribuindo com as autoridades para o aprofundamento das investigações."
* O DIA / edição Outro Olhar Amargosa
BEBIANNO: ‘NÃO FUI RESPONSÁVEL PELA DEFINIÇÃO DAS CANDIDATAS DE PERNAMBUCO’

O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, divulgou nota nesta 5ª feira (14.fev.2019) em que nega ser o responsável pela escolha das candidatas que receberam dinheiro do PSL. Eis a íntegra. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo publicada na 3ª feira (12.fev), Bebianno teria liberado R$ 250 mil de verba pública para a campanha de uma ex-assessora do PSL, Érika Santos, para deputada estadual em Pernambuco. A candidata teve apenas 1.315 votos. Outra possível candidata laranja é Maria de Lourdes. Ela recebeu R$ 400 mil do fundo partidário do PSL e obteve apenas 274 votos. Maria concorreu ao cargo de deputada federal em Pernambuco. “Não fui responsável pela definição das candidatas de Pernambuco que foram beneficiadas por recursos oriundos do PSL Nacional. Reitero meu incondicional compromisso com meu país, com a ética, com o combate à corrupção e com a verdade acima de tudo”, afirmou Bebianno. O ministro disse que assumiu a presidência do partido em 5 de fevereiro de 2018 só para cuidar da campanha de Jair Bolsonaro (PSL). Bebianno ficou no cargo até 29 de outubro de 2018. O deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE) é o atual presidente do partido. Bebianno afirmou que Bolsonaro não tem qualquer envolvimento no caso, e que contas da campanha presidencial foram aprovadas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). No entanto, uma ata da Comissão Executiva Nacional do PSL realizada em 11 de julho 2018 mostra que Bebianno era o responsável legal pela distribuição de verbas públicas a candidatos nos Estados durante as eleições. Eis a íntegra do documento. A ata formalizou que, “para que o candidato receba recursos do fundo eleitoral, deverá fazer requerimento formal, por escrito, à presidência da Comissão Executiva Nacional”. Na nota, Bebianno alega que as envolvidas no caso receberam recursos de campanha “POR CONTA E ORDEM do Diretório Estadual do PSL em Pernambuco”. Segundo reportagem da Folha, tanto Maria Paixão como Érika Souza foram escolhidas de última hora pelo PSL para concorrer à eleição. As duas preencheram vagas remanescentes da cota por gênero. A lei eleitoral estabelece que no mínimo 30% das vagas dos partidos devem ser preenchidas por candidatas mulheres e que ao menos 30% dos recursos do fundo eleitoral devem ser direcionados a estas campanhas. Eis a íntegra da nota de Bebianno: Em razão das suspeitas levantadas pela matéria do jornal Folha de SP, intitulada “Partido de Bolsonaro criou candidata laranja para usar verba pública de R$ 400 mil”, e de todas as demais que se seguiram relacionadas ao tema, esclareço:
Primeiramente:
  • assumi interinamente a presidência da Executiva Nacional do PSL de 5/2/2018 a 29/10/2018, para cuidar da candidatura do Presidente Jair Bolsonaro.
  • Jair Bolsonaro nunca ocupou nenhum cargo de direção no partido, portanto, não tem qualquer relação com outras Responde apenas pela sua própria, como qualquer outro candidato.
  • meu trabalho foi executado com total transparência e As contas da chapa do então candidato Jair Bolsonaro, que estavam sob minha responsabilidade, foram aprovadas e elogiadas pelos Ministros do TSE.
Em relação à distribuição dos recursos entre os candidatos aos demais cargos – deputados federais, estaduais, senadores e governadores –, cabe explicar as competências de cada representação do partido nas diversas esferas:
  • compete à Executiva Nacional i) formar a chapa que concorrerá à Presidência e Vice-Presidência da República e ii) montar estratégias para o crescimento do partido (formação de diretórios estaduais).
  • compete também à Executiva Nacional distribuir os recursos do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), garantindo o repasse de 30% para candidatas mulheres.
  • compete aos diretórios estaduais formar as suas chapas locais, incluindo a indicação das candidatas mulheres, observado o percentual de 30% determinado pela lei.
  • todos os repasses para os candidatos das eleições proporcionais e aos governos dos estados são realizados pela Executiva Nacional POR CONTA E ORDEM dos diretórios estaduais, que recebem diretamente os recursos em suas contas ou indicam os nomes dos candidatos a serem beneficiados.
  • compete a cada 1 dos candidatos a prestação de contas de sua própria campanha, cabendo-lhes também a responsabilidade pelos atos praticados.
  • não me competia, enquanto Presidente Nacional do Partido, promover contatos com qualquer fornecedor, excetuando unicamente aqueles que prestaram serviço à chapa para Presidente da República.
No que diz respeito às duas candidatas citadas pela Folha de SP, acrescento:
  • 30% do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) foram
    destinados às mulheres, cumprindo-se o que determina a Lei.
  • os recursos transferidos à Maria de Lourdes, no dia 03/10/2018, não foram oriundos do FEFC, mas sim de recursos acumulados pelo PSL Mulher ao longo dos anos (todos os partidos têm que recolher 5% do Fundo Partidário que auferem mensalmente para aplicação em iniciativas para promover a participação da mulher na política);
  • tais recursos do PSL Mulher não poderiam ser utilizados para fins eleitorais, por isso, não tinham sido distribuídos Não obstante, em função de decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal, no dia 03/10/2018, os partidos políticos foram autorizados a utilizar essa verba em benefício de suas candidatas nas eleições de 2018. Por esse motivo, os recursos do PSL Mulher foram transferidos para as suas candidatas apenas no final da campanha, no mesmo dia em que o STF assim autorizou. Logo, ao contrário do que insinua a Folha, nada há de irregular na cronologia de distribuição dos recursos. Ademais, a legislação eleitoral permite o recebimento de recursos pelos candidatos até mesmo após a data do pleito, a fim de realizar o pagamento das despesas contraídas durante a campanha.
  • NÃO CONHEÇO e jamais tive qualquer contato com a candidata Maria de Lourdes Paixão.
  • a candidata Érika Siqueira nunca foi minha assessora, mas já trabalhava para o PSL há vários anos, antes da minha chegada.
Por todas essas razões, reafirmo que não fui responsável pela definição das candidatas de Pernambuco que foram beneficiadas por recursos oriundos do PSL Nacional.
Reitero meu incondicional compromisso com meu país, com a ética, com o combate à corrupção e com a verdade acima de tudo.
Gustavo Bebianno
Ministro-Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República.
De acordo com reportagem da Folha publicada nesta 5ª feira, Bebianno ligou para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e se colocou à disposição para prestar esclarecimentos sobre o caso.
Fonte: PODER360 / edição Outro Olhar Amargosa
DECANO DO STF DIZ QUE BIOLOGIA NÃO DEFINE GÊNERO

O ministro ainda não terminou seu voto. Até o momento, Celso de Mello tem feito uma defesa dos direitos dos homossexuais e transexuais.

edição Outro Olhar Amargosa  
Relator de uma das ações que pedem a criminalização da homofobia, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, citou, em tom crítico, a frase da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, de que “menino veste azul e menina veste rosa”.
Durante seu discurso no julgamento nesta quinta-feira (14), Celso de Mello declarou:
“Essa visão de mundo, fundada na ideia artificialmente construída de que as diferenças biológicas entre o homem e a mulher devem determinar os seus papéis sociais –meninos vestem azul e meninas vestem rosa– essa concepção de mundo impõe, notadamente em face dos integrantes da comunidade LGBT, uma inaceitável restrição às suas liberdades fundamentais, submetendo tais pessoas a um padrão existencial heteronormativo incompatível com a diversidade e o pluralismo que caracterizam uma sociedade democrática.”
Para exemplificar seu pensamento, Celso de Mello citou a frase da controversa feminista francesa Simone de Beauvoir de que “ninguém nasce mulher, torna-se mulher”, registra o UOL.
Celso de Mello é o primeiro ministro a votar no julgamento de duas ações que pedem a criminalização da homofobia e da transfobia.
O ministro não concluiu seu voto e ainda não é possível saber se ele vai deferir o pedido.

CURTA!